Couple Fight

(apesar do nome, don’t fight, plese!)

Ah! Engana-se quem pensa que a maior briga que tem no universo Naruto é sobre quem é mais forte: Naruto ou Sasuke. Também não é sobre quem vai ser o Hokage, muito menos se Madara mente ou não. Há uma briga sanguinolenta onde rasengan e chidori são tidas como pistolas de águas, e onde as metralhadoras de Kunais que dominam o cenário. São duas enormes trincheiras totalmente equipadas para ver quem é que ganha a parada. É claro que estou falando de casais!

Não há uma discussão que termine em um consenso geral, sempre tem briga e ninguém aceita os argumentos alheios. Aí começa a baixaria! E filler é pouco para a maioria, o que domina mesmo as brigas são especulações, dando lugar ainda a fanarts e a fanfics. Tem lugar que é até engraçado ver as brigas. E um de “minha amiga falou que ouviu dizer que isso vai acontecer” e outro “Eu vi uma imagem do fulano e da cicrana se beijando, isso é mais que prova”, até um raro “eu conheço o Kishimoto e ele me diz as coisas”. Lindo!

Mas como meu objetivo não é ridicularizar algumas pessoas e suas ações, mesmo que conseguindo no parágrafo acima, desviemos um pouco do assunto. Não há como negar que as trincheiras masters são duas (mesmo que alguns não se encontrem em nenhuma delas: esse é claro, estão em fogo cruzado). Basicamente você apóia que haja Naruto e Sakura (vulgo NaruSaku) ou então você apóia Sasuke e Sakura (vulgo SasuSaku). Cá estão as duas gangues.

E argumentos são o que não falta. Ambos os lados tem, e aos montes! Bem convincentes e bem viajadas. Assim Misa Misa sai da trincheira e se coloca para fora do fogo cruzado. Bem… poucos tentaram falar de ambos os lados, mesmo que alguns textos comecem com “vou tentar ser o mais imparcial possível”, sempre falam só para privilegiar de um lado (Misa Misa sabe das coisas).

 

Então por que não criar um material que dê enfoque para ambos os lados? Uma exposição de idéias e antíteses sobre a reprodução em Naruto. E vou sim colocar Hinata, Ino, Lee no meio da briga, afinal eles fazem partes da história amorosa dos envolvidos.

O confronto histórico de Naruto!!! NaruSaku contra Sasusaku!

Então vamos lá!

Considerações inicias: A Sakura não tem peito mais tem bunda, e a Hinata é o contrário. Tem gente que gosta de morenos, e outros que gostam de loiros. Argumentação física não ta com nada, afinal, o amor é cego. É só olhar para os casais de meia idade apaixonados um pelo outro. O amor é algo da alma… Então nada do esse é mais bonito do que o outro. Também vale para a força física.

Tudo começou no terceiro capítulo, afinal foi lá onde os personagens foram apresentados. Sakura começa a aparecer como a menina dos olhos de Naruto, como a menina mais linda eu ele já viu e a menina que ele gosta, e ela pede para ficar ao lado dele. Mas como já sabemos, ela não era muito chegada nele, para falar a verdade o único motivo que fazia a menina ficar perto de Naruto era o fato de Sasuke estar por perto. E digamos que Sakura A-D-O-R-A Sasuke, e quem não adoraria? Ele era bonito, rico, bem apessoado e o melhor em tudo. Nós meninas sabemos bem do garotinho que amávamos aos 13 anos: o cara que era o máximo. Mas como todos nós temos uma alma gêmea, quem sabe não seria Sasuke a dela?

Assim formou o triângulo de novela brasileira/mexicana/americana: Naruto ama Sakura, que ama Sasuke, que ninguém sabe se ama.

[Sasu-Saku-Naru-fin.jpg]E então começa a sessão de exibição e platonismo. Exibição por parte de ambos e platonismo também. Não há como negar que na primeira fase da primeira fase o amor que Sakura sente era obsessivo: vivia pelo Sasuke, pensava no Sasuke e suas ações eram para o Sasuke. Em vez de ser ninja era a candidata de namorada, assim em vez de treinar, se arrumava para ficar lindinha. Ele nem ligava para ela. Naruto por sua vez fazia o que sabia fazer de melhor: exibição.

Tudo para chamar a atenção de Sakura, queria que ela começasse a gostar dele vendo que ele era forte, mais forte e legal que Sasuke. Isso é um dos pontos que agravou a rivalidade de Naruto e Sasuke. Em todo caso, ele nem legava para ela.

Até aí era um triangulo restrito, mas foi com o exame chunnin que apareceram novos integrantes à trama amorosa.

Primeiro foi Lee. Mesmo que o amor de Lee parece ter sido esquecido pelo autor, vale a pena lembrar. Parece que foi a primeira vista que o amor de Lee se fez. Chamou logo a moça para sair, só que pelo fato de gostar de gênios lindos não foi muito com a cara de Lee. Afinal o amor de Sakura é fiel!

Em seguida a Ino agarra literalmente o Sasuke, para a infelicidade de Sakura. Claro que o desejo dela é mandar a rival para aquele lugar. E assim descobrimos que fiar com Sasuke pode ter lá uma outra conotação, que seria ganhar da inimiga. O cara é objeto de disputa de ambas desde o começo da rivalidade, e é justamente o motivo da rivalidade.

Por fim chega a personagem que mais dá peso no triangulo. Hinata de fato é ao mesmo tempo querida pelos que amam SasuSaku e odiada pelos que reverenciam o NaruSaku. A perfeita Mary Sue versão Kawaii que tem Naruto como um santo em um altar, a personagem foi criada no alge do desespero de Kishimoto, vendo que se depender do seu publico a Sakura não vai ficar com Naruto, como em seu plano inicial. A menina gosta muito de Naruto, mas não expõe seus sentimentos para ele, que só a vê como uma colega. Não vou entar muito fundo na questão Hinata, mas com ela, ficam apenas duas perguntas: “Ela realmente ama ele ou é somente uma admiração de ídolo?” e “Algum dia Naruto poderia olhar ela como uma companheira amorosa?”

Todavia, voltemos ao triangulo restrito.

Logo chegamos à clássica cena de Sakura cortando o cabelo, momento máximo da personagem na saga “clássica”. Para salvar Lee, Sasuke e Naruto, Sakura acaba sendo obrigada a cortar os cabelos.

Para ela, ter os cabelos longos significariam entrar para a lista de pretendentes para senhora Uchiha, ser sexy simbol perante Sasuke. Só que ela viu que se Sasuke não estivesse vivo não teria chances mesmo, mas esse não foi o pensamento dela. Na hora tudo o que conseguiu pensar era que ela tinha que enfrentar os ninjas do som de qualquer maneira, se não aqueles que protegeram ela iriam sofrer. Logo ela cortou o cabelo tanto para Sasuke quanto para Naruto.

Bem… mas depois de apanhar um pouco, Sasuke ressurge das chamas, e para o delírio de alguns, pergunta com uma cara meio insatisfeita, quem tinha machucado Sakura. E depois ele ah… bate um pouco nos agressores. Depois de tanta agressividade, somente um abraço de Sakura é capaz de acalmar ele. Depois disso, Naruto mesmo desmaiado sonha em salvar Sakura do malvado Orochimaru, sendo assim o herói dela.

Depois então de pular longos e longos capítulos chegamos a uma outra cena “clássica” do “clássico”: o bye bye Sasuke. Bastante comentada então não vou falar muito dela. Sasuke sai da cidade, então Sakura pega ele no meu do caminho, fala que o ama, que vai a qualquer lugar com ele e que ele fez ela começar a ver o que é solidão. E então ele vai embora dizendo um singelo “Obrigado”. Digamos que foi bem poético, ou seja, você tem que interpretar bem esse “obrigado” (e que graça tem na poesia se alguém te diz o que ela quer dizer? Interprete por contra própria esse “Obrigadinho!”)

Ah! E depois uma choradeira linda, mas daquelas bem bonitas da Sakura encontrando-se com Naruto. Claro que tem choradeira bonita, tudo tem algo que é bonito! Ela pede para que ele traga o Sasuke-kun para Konoha, implora para isso. Naruto, muito comovido, aumenta sua vontade de trazer ele de volta. Afinal, o que eu não faço chorando quando você pede rindo, só que nesse caso é o que eu não faço ****** quando você pede chorando. Fofo! Então promete que vai buscar ele de qualquer maneira.

Só que não cumpre o prometido. Bateu, apanhou mais ficou desacordado no final, deixando o Sasuke ir embora. Sakura descobre isso, mas mesmo chateada e desapontada e prepotente tenta não demonstrar sua tristeza perante um Naruto acabado. Só que o mocinho insiste em se desculpar com ela e firmar sua promessa, afinal ela implorou para ele. Assim cria o esquadrão caça Sasuke, com Naruto indo trinar para ficar mais forte e Sakura decidindo treinar finalmente também.

Dois anos e meio se passaram até o encontro de um possível casal apaixonado. Ah, maturidade, o que você não faz? Naruto começou a virar um carinha bacana com os ombros largos nos olhos de Sakura, que reconhece que ele cresceu, está mais forte e maduro… até a primeira besteira que ele fala. Naruto por sua vez vê com sua visão de raio-x que Sakura não mudou nada. Voltaram bem amiguinhos.

Bem amigos mesmo, se é que me entende, mas mesmo assim Sakura só aceita sair com ele se Naruto pagar a conta. De toda maneira Sakura já não bate (muito) no coitado. Até se preocupou com ele quando ficou machucado depois de soltar a quarta calda, mesmo tendo sido ferida por ele. E a quarta calda é o momento máximo do NaruSaku, que para a infelicidade de Naruto quem nem se lembra de nada. Sakura, muito assustada com a aparência do “amigo”, sai correndo em sua direção para fazer algo como salva-lo de si mesmo. Chora quando ele é atingido por uma espada e pede para Yamato que ensine uma maneira de cuidar de Naruto ela mesma. Ainda por cima mente para Naruto para que ele não sinta mal consigo.

Todavia, a reação de Sakura quando Sai fala mau de Sasuke é um tanto quanto ambígua. Aquele soquinho espontâneo foi dado para que Naruto não ataque Sai, em um tipo de “se tiver que sujar as mãos, que sejam as minhas”. Mas há uma soma disso de raiva por ter desrespeitado Sasuke e vontade de bater no linguarudo por conta própria por isso. Uma grande dualidade em uma só ação.

Outra cena que não vou comentar muito (também pelo fato do texto já estar grandão) é sobre o encontro na caverninha de Orochimaru. Sakura gaguejou quando viu sasuke e teve seus olhos vidrados nele, só que decidiu ir para cima dele e atacar, para cumprir sua promessa de ajudar traze-lo de volta. Sasuke não manisfestou nada, mas quando Sakura decidiu atacar ele atacou com sharingan e tudo, mas Yamato chegou antes. Bem… Interpretem ao seu bel-prazer. Mas a questão é: Teria Sasuke previsto que Yamato iria chegar e decidiu atacar ele ou queria matar a Sakura mesmo?

Bem, chegamos ao fim. Depois da cena a única coisa que apareceu foi Sakura e Naruto mau se falando e Karin aparecendo como o novo páreo, fora a continuação da perseguição à Sasuke.

Agora julguem o que vocês acham que dará melhor. Ou se embaracem mais

Conclusão: a conclusão, meu amigo, é sua, você que tem que fazer desta vez… mas que o texto virou uma piada, virou! E olha que eu queria fazer uma coisa mais certinha…

feito tem 09/08/08

~ por Misa Misa em 27/08/2009.

5 Respostas to “Couple Fight”

  1. idiotee!

  2. o texto ta otimo parabens !

  3. o texto ta mais pra sasusaku ¬¬

  4. Legaaaal! Adoreix!

  5. Adorei, eu acredito e tenho muita fé em SasuSaku.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: