5 coisas sobre quem discute mangá

 

Vivendo e vendo as coisas na internet, vi a luz! Sim, sim, o que acabei de dizer é realmente idiota! Mas isso é verdade! Quando dava uma checada nas páginas e mais páginas de discussão de anime/mangás da vida, vi que todos, todos mesmo, seguem um certo padrão de comportamento de 5 itens, sendo claro que algumas pessoas só apresentam 4, 3… Alguns são xiitas, outros gandistas, mas possuem essas 5 coisinhas:
5: Fillers são sempre, sempre, sempre válidos! Isso para situações que convém, é claro. Afinal apesar de filler significar “história presente no anime sem nenhuma relação com a história do manga”, bem… definitivamente a coisinha que aparece na tela da TV (ou monitor do PC) são os personagens com as cores deles, com a voz dele, com o jeito dele… ou seja, ele, seu personagem favorito, simplesmente detonando tudo ou todos. Ou então aquele personagem chato que dói de ferrando. Sim, nesse momento você, apesar de já ter falado várias vezes que filler não é válido, acredita que tudo aquilo é verdade, mais do que tudo no mundo. Sem perceber, é claro!
4: a esperança sempre existe! Mente fantasiosa também! Não importam quantas porcarias aconteçam, sempre há uma justificativa, uma teoria do “ele fez isso, mas depois vai mostrar que na verdade ele fez aquilo”. Se apanha, é para fingir que é fraco e depois vai mostrar que só estava humilhando os caras – nunca porque é mais fraco. Se diz uma coisa chocante é porque não sabe o que está dizendo – nunca porque é a verdade. Se alguém faz merda é porque é ingênuo – nunca porque tem vontade de fazer merda mesmo. Enfim, negação dos fatos dos fatos, porque é reconfortante.
3: Ninguém parece muito chegado em Hegel, não estão nem aí para a tese-antitese-síntese. Essa de que toda tese tem que ter uma antitese para existir não está com nada para muitos: se eu estou falando é porque estão certo, e quem está dizendo o contrário é para me provocar. Pode parecer  brincadeira, mas é sério! Para começar poucas pessoas aceitam que alguém tenha idéias diferentes das dela (vide o 4), e com isso acaba brigando com quem pensa diferente. Assim há o isolamento  da tese e a antitese, cada uma vivendo feliz isolada sem misturar com a gentalha, sem criar a síntese, que é a junção das duas idéias.
2: Quem discute mangá tem uma bagagem cultural definitivamente grande. A não ser que seja um retardado e não garde nada, você aprende muitas coisas do mundo, principalmente do oriente. Além daquilo que você aprende no mangá, que convenhamos em peneirar, tem aquilo que você vê e depois procura saber mais sobre o assunto ou descobrir ao ouvir alguém falando. Não vai ser o diferencial da sua vida, mas definitivamete saber o porque da areia do deserto não servir para construir as ilhas artificiais de Dubai já me ajudaram a parecer o máximo em uma conversa (resposta: porque ela é muito fina). Aliás, Hegel não apareceu acima à toa…
1: Geralmente quem discute anime/mangá faz amigos que discutem anime/mangá na internet. Sim, é uma coisa saudável que também nos faz criar laços. Afinal depois de conversar com alguém em um fórum, talvez a pessoa pegue o MSN dela para conversar mais, e então mudam de assunto e… começam a ficar amigos. Se moram longe conversam todos os dias, se moram perto podem combinar de se encontrar para conversar pessoalmente. Pense bem que o tempo que você gosta discutindo é um tempo de sua vida, as pessoas com quem convive na net então fazem parte de sua vida!
Sim… discutir mangá/anime é bom!

Vivendo e vendo as coisas na internet, vi a luz! Sim, sim, o que acabei de dizer é realmente idiota! Mas isso é verdade! Quando dava uma checada nas páginas e mais páginas de discussão de anime/mangás da vida, vi que todos, todos mesmo, seguem um certo padrão de comportamento de 5 itens, sendo claro que algumas pessoas só apresentam 4, 3… Alguns são xiitas, outros gandistas, mas possuem essas 5 coisinhas:

5: Fillers são sempre, sempre, sempre válidos! Isso para situações que convém, é claro. Afinal apesar de filler significar “história presente no anime sem nenhuma relação com a história do manga”, bem… definitivamente a coisinha que aparece na tela da TV (ou monitor do PC) são os personagens com as cores deles, com a voz dele, com o jeito dele… ou seja, ele, seu personagem favorito, simplesmente detonando tudo ou todos. Ou então aquele personagem chato que dói de ferrando. Sim, nesse momento você, apesar de já ter falado várias vezes que filler não é válido, acredita que tudo aquilo é verdade, mais do que tudo no mundo. Sem perceber, é claro! Coisas como Databooks e entrevisas também só são válidos se a pessoa gostar do que foi dito!

4: a esperança sempre existe! Mente fantasiosa também! Não importam quantas porcarias aconteçam, sempre há uma justificativa, uma teoria do “ele fez isso, mas depois vai mostrar que na verdade ele fez aquilo”. Se apanha, é para fingir que é fraco e depois vai mostrar que só estava humilhando os caras – nunca porque é mais fraco. Se diz uma coisa chocante é porque não sabe o que está dizendo – nunca porque é a verdade. Se alguém faz merda é porque é ingênuo – nunca porque tem vontade de fazer merda mesmo. Enfim, negação dos fatos dos fatos, porque é reconfortante.

3: Ninguém parece muito chegado em Hegel, não estão nem aí para a tese-antitese-síntese. Essa de que toda tese tem que ter uma antitese para existir não está com nada para muitos: se eu estou falando é porque estão certo, e quem está dizendo o contrário é para me provocar. Pode parecer  brincadeira, mas é sério! Para começar poucas pessoas aceitam que alguém tenha idéias diferentes das dela (vide o 4), e com isso acaba brigando com quem pensa diferente. Assim há o isolamento  da tese e a antitese, cada uma vivendo feliz isolada sem misturar com a gentalha, sem criar a síntese, que é a junção das duas idéias.

2: Quem discute mangá tem uma bagagem cultural definitivamente grande. A não ser que seja um retardado e não garde nada, você aprende muitas coisas do mundo, principalmente do oriente. Além daquilo que você aprende no mangá, que convenhamos em peneirar, tem aquilo que você vê e depois procura saber mais sobre o assunto ou descobrir ao ouvir alguém falando. Não vai ser o diferencial da sua vida, mas definitivamete saber o porque da areia do deserto não servir para construir as ilhas artificiais de Dubai já me ajudaram a parecer o máximo em uma conversa (resposta: porque ela é muito fina). Aliás, Hegel não apareceu acima à toa…

1: Geralmente quem discute anime/mangá faz amigos que discutem anime/mangá na internet. Sim, é uma coisa saudável que também nos faz criar laços. Afinal depois de conversar com alguém em um fórum, talvez a pessoa pegue o MSN dela para conversar mais, e então mudam de assunto e… começam a ficar amigos. Se moram longe conversam todos os dias, se moram perto podem combinar de se encontrar para conversar pessoalmente. Pense bem que o tempo que você gosta discutindo é um tempo de sua vida, as pessoas com quem convive na net então fazem parte de sua vida!

Sim… discutir mangá/anime é bom!

 

Se ocê não se identificou com nada, ou você não discute ou então é cego e nem percebe o que faz!

~ por Misa Misa em 11/08/2009.

6 Respostas to “5 coisas sobre quem discute mangá”

  1. Parabéns pelo blog. Venho acompanhando faz um tempinho o blog mas é a primeira vez que posto algo.
    Bom sobre o texto, tu despertou uma ideia interessante e antes pra mim não pensada, e tipo é bem mesmo o que acontece nas discussões nas comunidades de não somente Naruto mas de muitos outros animês/mangás.
    Tipo e uma coisa que não sei se está certa, mas que eu acabei concluindo é que uma coisa leva a outra.
    Cada característica já citada acaba se tornando a antecessora da outra.
    Acho que a mais latente é a carac. 1,2,3 e a 4.
    Sobre a número um eu penso que fillers somente são válidos quando não prejudicam a história original.
    e outra coisa. Se for filer que seja bem-feito(coisa que dificilmente acontece.)
    Parabéns pelo blog.
    Se precisar estamos aí.
    Pergunta.
    É homem ou mulher?🙂
    ____
    resposta: se a Misa Misa é mulher, por que usaria um fake feminino se eu fosse homem?

  2. número 5*

  3. #5

    simplesmente e extremamente difícil, eu querer impor algo á alguem, SEMPRE estou ouvindo possibilidades principalmente para criar novas teorias, chocante mas real, estranho, CARACA muito estranho mesmo. mas é assim que sou é assim meu leito de ser. kkkk

    té mais.

  4. vai tomar no cu

  5. Olha meu blog

  6. coisasdeanime.wordpress.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: