A que gosta de B que gosta de C

 

MSN, santo MSN, amado MSN. Quando você não está fazendo nada é a melhor coisa para se fazer é entrar no MSN, você sempre se ocupa. Sempre fala muita bobagem. Sempre alguém escrevendo coisas que você , sem nada para fazer, fica pensando. Isso é claro, porque dentre isso e pensar sobre como se prevenir contra a gripe suína nós sabemos qual é o mais importante e qual é o mais chato.

A coisa da vez foi a seguinte: Kishimoto não sabe fazer romance. Será?

Se você der uma olhada rasante, com seus olhinhos de mel, talvez seja isso mesmo. Você conta nos dedos de uma mão as cenas de romance, tranquila mente. Mas você sabe por que você só consegue ver a ponta “de cima” de um icebergue? Porque você cismou que um icebergue é só aquilo que você consegue ver e seus olhos já são treinados para olhar só “para frente”. Olhar debaixo d’água é meio difícil, e quando falam para você que a coisa é bem maior embaixo para você é algo do outro mundo, uma doideira dos outros.

Sua retina é bem limitada, de todos são limitadas. Isso acontece porque você é fã, ou se não pelo menos já leu ou assistiu Naruto, só isso. Claro que gostando ou não. Você foi fazendo relações, tendo preferências ou não, contudo tendo suas preferências. Suas noções do que acontece e não acontece, do que é possível e do que não é possível, do que é importante e não é importante são formadas. Junto com isso vem é claro a sua noção de casais possíveis.

Geralmente usamos o termo triangulo amoroso para uma história de ele ama ela que ama outro. basicamente se tivermos quatro pessoas, será um quadrado, e assim vai. Sendo assim quanto mais pessoas envolvidas, mais complexa é a história. Pensem no caso:

1 – A gosta de B, que gosta de C, mas B é amigo de A e não quer magoar ele, assim ficam com A para esquecer C. Só que o que B não sabia era que C sempre gostou de B. Aí complicou.

2 – A gosta de B, que gosta de C, mas B é amigo de A e não quer magoar ele, assim ficam com A para esquecer C. Só que o que B não sabia era que C sempre gostou de B. D gosta de A, mas fica feliz porque A está feliz, mas está  triste ao mesmo tempo. F sempre gostou de D, e fica com raiva de A e B por fazer D sofrer. Neste meio tempo C acha G bonita e decide se juntar. B arruma um pouco de coragem para lutar por C, mas fica confusa porque começou a amar o A, e depois descobre que quem sempre amou foi A. A descobre que D gosta dele, e descobre que B gosta de C, e decide… não importa já complicou ainda mais.

Não e preciso entender a fundo a história, basta perceber o quanto ficou complicado. No primeiro caso basta matar ou colocar um novo personagem para resolver todos os problemas. Já no segundo caso não é tão simples assim. E se disser que A é traficante, B é uma freira e C é um jogador de futebol ou pior, descrever com todos os detalhes as cenas deles… vai ficar mais fácil de você decidir de antemão quem fica com quem. Não é você mesmo que acha bacana uma freira converter o traficante? Que o resto vá para… vocês entenderam! Mas vocês se esqueceram de como fica o jogador de futebol!

Assim é como se classifica um romance como complexo e simples. Agora voltemos a Naruto.

Dos mangás ditos como “principais”, os mais lidos, consegui fazer a maior relação desse tipo com  5 personagens, mas custando e encaixar mesmo. Isso tirando Naruto, é claro. Porque quando se trata de Naruto, olha o pequenininho e nada confuso diagrama consegui fazer:

 

MSN, santo MSN, amado MSN. Quando você não está fazendo nada é a melhor coisa para se fazer é entrar no MSN, você sempre se ocupa. Sempre fala muita bobagem. Sempre alguém escrevndo coisas que você , sem nada para fazer, fica pensando. Isso é claro, porque dentre isso e pensar sobre como se prevenir contra a gripe suína nós sabemos qual é o mais importante e qual é o mais chato.
A coisa da vez foi a seguitne: Kishimoto não sabe fazer romance. Será?
Se você der uma olhada rasante, com seus olhinhos de mel, talvez seja isso mesmo. Você conta nos dedoas de uma mão as cenas de romance, traquilamente. Mas você sabe por que você só consegue ver a ponta “de cima” de um iceberg? Porque você cismou que um iceberg é só aquilo que você consegue ver e seus olhos já são treinados para olhar só “para frente”. Olhar debaixo d’água é meio difícil, e quando falam para você que a coisa é bem maior embaixo para você é algo do outro mundo, uma doideira dos outros.
Sua retina é bem limitada, de todos são limitadas. Isso acontece porque você é fã, ou se não pelo menos já leu ou assitiu Naruto, só isso. Claro que gostando ou não. Você foi fazendo relações, tendo preferencias ou não, contudo tendo suas preferencias. Suas noções do que acontece e não acontece, do que é possível e do que não é possível, do que é importante e não é importante são formadas. Junto com isso vem é claro a sua noção de casais possíveis.
Geralmente usamos o termo triangulo amoroso para uma história de ele ama ela que ama outro. Basicamanete se tivermos quatro pessoas, será um quadrado, e assim vai. Sendo assim quanto mais pessoas envolvidas, mais complexa é a história. Pensem no caso:
1 – A gosta de B, que gosta de C, mas B é amigo de A e não quer magoar ele, assim ficam com A para esquecer C. Só que o que B não sabia era que C sempre gostou de B. Aí complicou.
2 – A gosta de B, que gosta de C, mas B é amigo de A e não quer magoar ele, assim ficam com A para esquecer C. Só que o que B não sabia era que C sempre gostou de B. D gosta de A, mas fica feliz porque A está feliz, mas está  triste ao mesmo tempo. F sempre gostou de D, e fica com raiva de A e B por fazer D sofrer. Neste meio tempo C acha G bonita e decide se juntar. B arruma um pouco de coragem para lutar por C, mas fica confusa porque começou a amar o A, e depois descobre que quem sempre amou foi A. A descobre que D gosta dele, e descobre que B gosta de C, e decide… não importa já complicou ainda mais.
Não e preciso entender a fundo a história, basta perceber o quanto ficou complicado. No primeiro caso basta matar ou colocar um novo personagem para resolver todos os problemas. Já no segundo caso não é tão simples assim. E se disser que A é traficante, B é uma freira e C é um jogador de futebol ou pior, descrever com todos os detalhes as cenas deles… vai ficar mais fácil de você secidir de antemão quem fica com quem. Não é você mesmo que acha bacana uma freira converter o traficante? Que o resto vá para… vocês entenderam! Mas vocês se esqueceram de como fica o jogador de futebol!
Assim é como se classifica um romance como complexo e simples. Agora voltemos a Naruto.
Dos mangás ditos como “principais”, os mais lidos, consegui fazer a maior relação desse tipo com  5 personagens, mas custando mesmo. Isso tirando Naruto, é claro. Porque quando se trata de Naruto, olha o pequenininho e nada confuso diagrama consegui

jh

(fonte da ceteza de onde colocaria essas setinha: databook 3, andamento do mangá e NarutoChronicle)

 

Isso sem contar que depois de digitalizar essa imagem  consegui pensar em mais dois personagens para pendurar aí, e depois da segunda olhada, já eram 4 (e digamos que o saco para escrever tudo de novo, ligar o scaner e sei lá o que, era muito trabalhoso…). Sem enrolar e ir direto ao assunto: já percebeu o quanto é complexo esse “triangulinho”? Já percebeu então o quanto Kishimoto conseguiu ser bem complexo no shonen, no qual geralmente nesse campo o autor cria somente uma personagem especial para fazer par com o protagonista. Geralmente é chata e com peito grande… opinião minha, certo?

Ah! Sim, eu sei no que você está pensando, no que pensou desde a primeira vez que viu o diagrama. Está pensando como tenho a cara de pau de colocar uma coisa dessas. Porque para colocar um sentimentozinho fanático como o da Karin com o mesmo nome do que colocou o da Sakura para o Sasuke tem que ser muito cara de pau, né? E amor para o Sasuke para a Sakura, ela também é a maior fangirl e sempre foi! E é claro que o Naruto não ama a Sakura, só gostava dela porque ela era bonitinha, para disputar com o Sasuke, coisa de criança que já passou, agora é como irmão dela mas ainda acha que gosta dela. A Hinata, dããã, ela só tem uma admiração muito forte por ele que anda confundindo com amor. E é lógico que o Naruto ama a Hinata e o Sasuke ama a Sakura, né? Eles vão ficar juntos no final mesmo, se acontecer isso tuo vai dar certo… Porra, o Naruto só não se declara para a Sakura por causa da promessa, né?

Amor! Doce! Coraçããão! A questão não é o que você acha que acontece, acha o que vai acontecer, e sim o que já aconteceu, foi impresso. Não importa se você considera só o pico do icebergue como ele todo, a verdade é que embaixo tem mais gelo. Mas se ainda não entendeu, bem…

Em termos de ROMANCE, Naruto é C-O-M-P-L-E-X-O! Não é uma linha na qual se pode seguir, tem ramificações e círculos ao seu redor. Muitas ramificações e círculos.

Quer uma prova de que tudo pode acontecer? Nada melhor que a teoria literária! Como geralmente é a estrutura de um romance, se não assim:

ujkuhg

 

Tudo começa com um casal que pode ou não está junto, e então vem a história que vai ser contada, que vai separar ou abalar, e então vem o final, deles juntos ou então pelo menos em paz. Isso no romance romântico (você não espera relamente que aconteça uma tragéia na história, né?). E sendo assim, todos, literalmente todos tem alguma possíbiliade de terminarem juntos. Isso é claro, a menos que tenha dado indícios de que iria acontecer, já que deve haver a história.

Indícios e algo que todos têm em comum, todos com possíbilidade de acontecer. Todos eles possuem aquela coisinha que fez com que uns ou outro pensasem: será? Exemplos? Já que salvar a vida dos outros está na moda:

– Hinata, é claro, se jogou em frente a Pain para salvar Naruto, e ainda por cima se declarou.

– Sasuke ficou doido depois de ver Karin pegando fogo, e conseguiu apagar o Amaterasu.

– Sakura quando viu Naruto 4 caldas fica doida e vai lá tentar salvar ele.

– Sakura quando vê Gaara atacar Sasuke se atira e recebe o golpe.

– Sakura decide lutar contra o Som no exame depois de ver Naruto, Sasuke e Lee derrotados, para proteger eles.

– Lee deicide lutar contra o Som no exame para salvar Sakura.

– Sasuke e Naruto ficaram doidinhos quando a Sakura sofreu um ataque do Gaara.

– Sasuke ficou doido depois de ver que a Sakura foi atacada pelo som.

– Naruto fica doidinho depois de ver que Sasuke foi derrotado por Haku.

Sem nenhum “Ah, mas ele não…” todos esses gestãos foram provocados ao ver alguém de quem gosta machucado, e sem exceção nenhum deles pensou duas vezes antes do gesto. Não, não há argumentos contra o que aconteceu, pelo simples fato de ter acontecido. Mas aí que vem o problema: se esse ”amor“ se realizar, vai haver biagamia, que parce ser crime.

Um fato interessante nessa “coisa” é um personagem incognita. Alguém realmente sabe o que o Sasuke quer da vida? Ninguém sabe nada sobre ele, se brincar nem ele mesmo. Aí vem esse diagrama, o diagrama dos databooks que mosram somente setas vindas para ele, nunca saindo dele. O que sasuke sente? S-E-G-R-E-D-O! Ah, sim! Esqueci de colocar a única coisa dele que é certeza: Sasuke e itachi incerto!!!

Aí vem a genialidade de Kishimoto: ele conseguiu criar todo um emaranhado de setas e retas e corações na história. Se um ficar com o outro, vai magoar um terceiro, e assim vai. Quem falou que Kishimoto não é bom com romance? Esse aí supera muito shoujo que conheço! E isso sem sexo! Ninguém viu o que a Kurenai fez com o Asuma…

Para finalizar, o casal mais lindo de todos os tempos!

 

~ por Misa Misa em 12/05/2009.

2 Respostas to “A que gosta de B que gosta de C”

  1. É chouino Confirmado!!!!!!!!!!
    repare melhor ¬¬
    e olha q eu naum torço p/ esse ksal e nem me identifico c/ os dois.
    é chouino na certa ¬¬

  2. Amo seus suas análises Misa Misa *-*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: