Such a difference between…

Who I am and who you see …

Sabem quando vocês acham a citação perfeita para algo que vocês vão falar? Este é o meu caso agora, revirei minha mente e acabei descobrindo um trecho de uma musica da Alanis Morissette,Straitjacket, que combina com tudo o que irei dizer: Such a difference between / Who I am and who you see (Como uma diferença entre / Quem eu sou e quem você enxerga). Pos bem, esse trecho pode ser inspirador quando o assunto tratado é o fanatismo.
Fanatismo, esse sempre é o assunto da vez. Acho que já falei umas cinco vezes sobre isso nesse ano e ninguém parece ter se mancado que o tópico foi feito para si mesmo. Mas pelo menos no final do ano, pelo menos uma vez tenha piedade de mim! Vamos fazer o seguinte: quando você pensar “é, isso daqui é para o fulano”, pense queno exato momento o fulano está pensando em você. Então assim você descobri que em cada palavra que escrevo eu carinhosamente penso em você. Levando ferro!
Tem uma capacidade que poucos seres humanos possuem, e aqueles que não possuem nunca desejam ter. Afinal eles sempre tem razão! E essa minoria sabe que razão absoluta não existe. Isso porque a habilidade da qual estou falando é a de olhar pelos dois lados de uma questão. E eu, como uma admiradora incondicional das coisas difíceis de ser, como ser heterosexual, estou começando a usar essa arte do “outro lado da questão”. Afinal é só assim que você encontra um lado no qual você acredita mais. Seria um “abortar é matar e matar é errado”, só que “por outro lado se essa criança nascer ela será negligenciada e maltratada, indo provavelmente para o vicio ou crime”.
Mas voltemos às nossas amenidades improdutivas.
Algumas vezes, ao criar uma barrera chamada “personagem favorito” e “personagem odiado” (vulgo …ete e anti…ete), criamos uma visão bem centralizada dos fatos. Literalmente nos tornamos verdadeiras peneiras humanas, só digerindo o que queremos, vemos o que queremos ver, e o resto, que se dane.

Daí vem umas ignoradas, umas desconfiadas e uma criação de tabus. Isso mesmo, se seu personagem favorito dá uma mancada você não fala sobre isso, só que se aquele maldito dos infernos faz algo legal, aí sim você ignora.

Você já parou para pensar que está fazendo um julgamento totalmente errado? Já parou para pensar que você pode estar dando as costas para um personagem que vai gostar? Já pensou que no ponto em que está, mesmo que esse personagem faça algo que você acharia bacana em outras horas, você atualmente o condenaria apenas por ele ser ele?
Pois bem, vou lançar um desafio aqui. Tive um professor muito bacana que uma vez disse algo assim “Se eu não conseguir falar a favor de algo que não acho certo, então eu não vou saber defender o que acho certo.” Então vamos ver o que vocês sabem sobre o outro lado. Quero ver quem conseguiria aqui criticar o seu personagem favorito e elogiar o seu personagem odiado. Não uma critica educadinha, de alguem que pensa que se falar isso vai pegar mau. Uma crítica bem ferrenha mesmo, e um elogio bem elogiante. Alguém aqui teria a capacidade disso?
E só para aproveitar o espaço: exerça o seu direito de respeitar a opinião alheia. Toda vez que você xinga alguém por achar algo, ou então faz um post enorme com diversas explicações sobre como o que a pessoa pensa é errado e o quanto você pensa está certo, você viola os direitos humanos.

 

Obrigada pelos xigamentos!

~ por Misa Misa em 22/04/2009.

2 Respostas to “Such a difference between…”

  1. É verdade.
    Eu realmente não conseguiria falar bem do Sasuke. Ele é um idiota menos nas vezes em que ele salva alguém.
    Quanto ao meu personagem favorito (que é a Sakura, oi) eu consigo falar mal dela. Ela era uma total idiota antes do mesmo exame.
    De qualquer maneira, post muito bom. ;*

  2. A pura verdade! Estou passando por isso agora mesmo! É muito louco abandonar uma idéia a qual vc esteve se apegando, porque percebe que pode estar errado, e ai passar a pensar de uma maneira totalmente diferente, e ir vendo o outro lado da moeda… Admitir que estava errado, e fazer o que se negaria um tempo atrás… Mas é um jeito de crescer… Gostei muito de seu jeito de escrever *-* e do nome do blog! kkkk.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: